Germinal – Educação e Trabalho

Soluções criativas em Educação, Educação Profissional e Gestão do Conhecimento

Protótipos de Ensino Médio são apresentados em reunião do CONSED 3 de outubro de 2011

No dia 23 de setembro, em reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed),  a UNESCO fez uma apresentação dos Protótipos Curriculares de Ensino Médio (EM) e Ensino Médio Integrado (EMI). Em mesa coordenada pela presidente do Consed,  Maria Nilene Badeca da Costa (Secretária de Estado da Educação do Mato Grosso do Sul), a apresentação foi feita por Marilza Regattieri, da Representação da UNESCO no Brasil, por Luis Carlos de Menezes (USP) e José Antonio Küller (Sócio-diretor da Germinal Consultoria), que coordenou o grupo de trabalho que elaborou os protótipos.

Francisco Aparecido Cordão, presidente da Câmara de Educação Fundamental, do Conselho Nacional de Educação (CNE), concluiu a apresentação, discutindo as novas diretrizes curriculares do ensino médio e da educação profissional de nível médio, em processo de aprovação.

Os protótipos foram muito bem recebidos pelos secretários de educação presentes na reunião. Face ao interesse despertado, é possível que os protótipos voltem a ser debatidos em próxima reunião do Consed. Para conhecer a apresentação em Power-Point utilizada na reunião, clique aqui. Para ter acesso ao texto integral do Resumo Executivo do Projeto Protótipos Curriculares de Ensino Médio e de Ensino Médio Integrado, clique aqui.

Anúncios
 

Curso de Especialização (Pós-graduação lato sensu) em Docência da Educação Profissional 30 de outubro de 2010

O site do SENAC Nacional, em 22/10/ 2010, publicou a notícia a seguir sobre o curso de especialização em Docência da Educação Profissional. A Germinal Consultoria prestou  serviços ao SENAC no desenvolvimento do projeto pedagógico do curso.


Competências para ensinar e aprender

As transformações vividas pelo mundo do trabalho nas últimas décadas afetaram a educação em todos os aspectos, exigindo dos profissionais atualização e uma nova forma de qualificação. Atento a isso, o Senac iniciou, em outubro, a primeira turma do curso de especialização em Docência para a Educação Profissional, pós-graduação a distância lato sensuoferecida exclusivamente ao corpo docente da Instituição, com reconhecimento do MEC. Possibilitada pela tecnologia e pela capilaridade das unidades do Senac espalhadas por todo o Brasil, o curso, oferecido pela Rede EAD, tem carga de 470 horas, distribuídas em 14 meses.

As aulas inaugurais das 54 primeiras turmas – que reúnem 1.500 alunos – aconteceram nas primeiras semanas de outubro por todo o Brasil. O plano é oferecer, até 2012, esse aperfeiçoamento aos cerca de 7.500 docentes com curso superior que atualmente trabalham na Instituição. Segundo Maria Teresa Nori, que coordena as turmas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, os alunos “se animaram com o curso e ficaram admirados com a iniciativa do Senac de investir no desenvolvimento das competências docentes”.

O curso tem como objetivo sistematizar o saber, melhorando a elaboração, operação dos currículos e dos processos avaliativos, aprimorando, assim, a qualidade oferecida pela Instituição. Para Cícera Paiva, diretora técnica do Senac Alagoas, “esse será mais um diferencial dos instrutores Senac para a educação profissional do estado”. A instrutora e agora aluna Claudia Rosita de Lima, de Recife, a oportunidade é única: “Grande é a minha expectativa em me ver fazendo parte de um curso tão importante para minha vida profissional. Estou muito feliz em fazer parte do primeiro grupo. Estamos fazendo história no Senac”.

Segundo a coordenadora do curso no Maranhão, Alda Baldez, todos demonstraram estar ansiosos pelo início da nova proposta: “As expectativas destacadas pelo grupo estão na melhoria da qualidade das ações educativas desenvolvidas a partir da valorização dos saberes que eles já detêm”.

Daniela Papelbaum, Lucia Prado e Solange Luçan, técnicas do Centro de Educação a Distância do Senac Nacional e responsáveis pelo desenvolvimento do conteúdo do curso – com a ajuda do consultor José Antonio Küller –, reafirmam que o objetivo é aprimorar as competências dos que lidam diretamente com a missão de educar para o mundo do trabalho. Para elas, é muito importante fortalecer nos docentes o compromisso de formar profissionais que estejam em sintonia com o mercado e, ao mesmo tempo, capazes de ter uma atitude reflexiva sobre a área e a atividade produtiva na qual pretendem atuar.

“A proposta pedagógica do curso toma como referência a prática de nossos docentes em sala. Não propõe formas de condução de aulas ou de situações de ensino, mas o desenho de aprendizagem”, diz Lucia. A proposta acompanha a mudança de paradigma que representa o papel atual do professor que, se antes priorizava a transmissão de conteúdos, hoje pressupõe a construção do conhecimento e o desenvolvimento de competências.

Comunidades virtuais

Com essa diretriz, o curso foi estruturado a partir de três eixos. Pesquisa e Produção é totalmente online, tem 210 horas de duração e propicia um contato com o ambiente virtual de aprendizagem. O eixo Experimentação, que tem carga de 140 horas, está organizado em quatro laboratórios de prática, realizados no ambiente de aprendizagem no qual o participante atua, como a sala de aula. Já o de Cooperação e Sistematização fortalece ainda mais a questão da troca de experiências e de saberes. Nele, há uma proposta nova – a comunidade virtual de prática, que permite a todos os participantes estabelecer uma discussão online. Além disso, como a comunidade ocorre paralelamente aos laboratórios, possibilita ainda mais a troca de ideias e experiências sobre a prática de sala de aula.

A comunidade virtual entrará no ar em novembro para ambientação e, de maneira definitiva, em janeiro, exclusivamente para os alunos da primeira turma. À medida que o curso for formando novas turmas, mais instrutores serão convidados a integrar o espaço. A intenção ao desenvolver a comunidade virtual de prática no curso é perpetuar os efeitos do curso após seu término. O objetivo é incentivar os docentes a dar continuidade ao trabalho colaborativo, a compartilhar boas práticas e conhecimentos relativos à docência e a publicar materiais interessantes, em uma perspectiva de educação continuada.

Para Léa Viveiro de Castro, diretora de Educação Profissional do Senac Nacional, essa forma de organização, desenhada especialmente para o curso, atende aos propósitos de oferecer aos docentes do Senac, que já conhecem e aplicam a proposta pedagógica da Instituição, uma oportunidade de aprimorar suas ações: “E isso só seria possível se os professores partissem de uma reflexão sobre a prática em sala de aula e pudessem, com os demais participantes, ampliar e aperfeiçoar seu trabalho”.

 

Currículo integrado por eixo temático 26 de julho de 2009

   

O texto postado a seguir é a apresentação do Núcleo Central do Programa de Capacitação de Empregados Domésticos desenvolvido pela Germinal Consultoria para o SENAC/SP, do qual já publicamos a estrutura curricular.

 

O programa é um exemplo de currículo integrado por um eixo temático. Neste caso, o tema: construção do papel profissional, objeto do Núcleo Central, articula o currículo. O texto abaixo explicita como, no caso, a integração é feita.

 

 

I. APRESENTAÇÃO do Núcleo Central do Programa de Formação do Empregado Doméstico

 

Jan-Vermeer_milkMaid_f“Como expressar melhor a integração entre o devaneio e o trabalho, entre os sonhos maiores e os trabalhos mais humildes, do que Henri Bosco falando de Sidoine, uma criada de grande coração? ‘Essa vocação para a felicidade, longe de ser nociva à sua vida prática, alimentava-lhe os atos. Enquanto ela lavava um lençol ou uma toalha, enquanto passava cuidadosamente o pano que cobria o pão ou polia um candelabro de cobre, subiam-lhe do fundo da alma esses pequenos movimentos da alegria que animava seus trabalhos domésticos. Ela não esperava que o trabalho estivesse terminado para mergulhar em si mesma e contemplar à vontade as imagens sobrenaturais que a habitavam. Era enquanto fazia os trabalhos mais banais que as figuras desse mundo lhe apareciam familiarmente. Sem parecer sonhar nem um pouco, ela lavava, espanava e varria em companhia dos anjos” (Bachelard, Gaston. A poética do espaço. São Paulo, Martins Fontes, 1989, p.81).

 

O Núcleo Central do Programa será destinado essencialmente à construção do papel de empregado doméstico, que não implique em uma fuga do real e um mergulho no sonho, como na epígrafe. Essa construção será, de começo, necessariamente uma desconstrução, uma destruição criativa. Trata-se, de um lado, de anular um conjunto de preconceitos e desvalorizações sociais introjetadas no atual ou potencial ocupante do papel. De outro, é necessário romper com o estereótipo de função servil e subalterna que marca o papel.

  

Sobre e concomitantemente a esse ato de destruição é preciso apoiar um trabalho de criação do papel. Para tanto é necessário redescobrir, repor, talvez inventar e fixar o sentido social do papel. Para cada profissional a ser formado é fundamental a definição de um sentido pessoal para o exercício do papel, sem o qual essa criação opera sobre o vazio.

 

Só assim o Núcleo Central constituir-se-á num eixo referencial e poderá permear todo o programa. Seu conteúdo, essencialmente ligado à subjetividade e comportamento profissional, será desenvolvido através de técnicas vivenciais, improvisações dramáticas ou simulações e será sempre recuperado nas Estações de Trabalho, em situações práticas, de forma aplicada ao componente técnico do trabalho e articulada com as habilidades específicas a serem nelas (Estações e situações) desenvolvidas.

 

Outra função do Núcleo Central será a de articular o conteúdo das estações de trabalho com essa perspectiva de construção do papel e construção do conhecimento, ou seja, garantir o desenvolvimento da mesma metodologia e da mesma perspectiva educacional em todas as unidades do Programa. O coordenador do núcleo central será, portanto, o coordenador do programa. Faz-se necessário que acompanhe e oriente o desenvolvimento de todas as Estações de Trabalho.

 

 

 
%d blogueiros gostam disto: