Germinal – Educação e Trabalho

Soluções criativas em Educação, Educação Profissional e Gestão do Conhecimento

O Projeto Trilha Jovem 25 de novembro de 2010

O site da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas – FACITEC veicula a seguiinte informação sobre o Projeto Trilha Jovem – Turismo e Inclusão Social:

O Trilha Jovem – Turismo e Inclusão Social é uma iniciativa que busca desenvolver o turismo sustentável por meio da inserção de jovens capacitados em empresas desse segmento. Através de um programa de formação, os participantes desenvolvem competências nas áreas de alimentos e bebidas e viagens e turismo, e também são preparados para atender exigências mais amplas do mercado de trabalho e da sociedade, criando a oportunidade de inclusão socioprofissional desses jovens no setor do turismo. “Mais que promover a inclusão de jovens, o Trilha Jovem pretende transformá-los em protagonistas da construção do turismo brasileiro”, afirma Rafael Sanches, Presidente do Instituto de Hospitalidade.

Criado em 2004, em Salvador, o programa, que é totalmente gratuito, já beneficiou mais de 4 mil jovens em diversas cidades brasileiras. Além da capital baiana, o projeto já foi executado nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Foz do Iguaçu (PR), Natal (RN), Recife (PE), São Luís (MA) e Brasília (DF). No Distrito Federal o projeto está em andamento por meio da parceria entre a Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas – FACITEC e o Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília – UnB.

m 2005, o Trilha Jovem foi apresentado como “caso de sucesso” na promoção da empregabilidade de jovens em evento organizado pela Fundação Internacional da Juventude – IYF, uma das entidades financiadoras do programa. Entre os fatores de sucesso estão o baixo índice de evasão, os altos índices de inclusão profissional, a satisfação dos empresários com o desempenho dos jovens e a transformação social que o programa promove, não só com os participantes, mas também em suas famílias e até mesmo nas comunidades onde estão inseridos.Esse resultado é alcançado em função da metodologia aplicada, que inclui aulas de inglês, informática, oficinas e projetos que buscam desenvolver as competências básicas necessárias para atuar no setor de turismo. O estímulo ao espírito empreendedor também é parte integrante das aulas. Os instrutores são profissionais de turismo, com conhecimentos práticos sobre a rotina das várias ocupações. O conceito pedagógico é amplo, e também busca preparar os jovens para a vida enquanto cidadãos e membros da comunidade.

O Trilha Jovem proporciona a oportunidade de vivência profissional supervisionada, associada com treinamento em empresas de alimentos e bebidas, agenciamento de viagens e meios de hospedagem, fazendo com que o jovem aprenda por meio das experiências vividas, dos problemas enfrentados e da ação desencadeada para a sua solução. A oportunidade geralmente leva a estágios e aprendizados remunerados e, em muitos casos, a contratos formais de trabalho.

O Trilha Jovem é uma iniciativa do Instituto de Hospitalidade desenvolvida com o apoio do Ministério do Turismo, Instituto Ibi, Counterpart International, com recursos da Agência Norte-Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID), e do programa entra21, uma iniciativa da Fundação Internacional da Juventude (IYF) e do Fumin – Fundo Multilateral de Investimentos, administrado pelo BID – Banco Interamericado de Desenvolvimento. Em Salvador, o programa conta com o patrocínio da Cordaid.

Projeto Trilha Jovem – Turismo e Responsabilidade Social, inicialmente denominado apenas Projeto Turismo e Responsabilidade Social (PTRS), é um programa de educação básica para o trabalho no Setor de Turismo. A primeira versão do programa derivou de uma proposta curricular desenvolvida, em 2001, pela Germinal Consultoria para o Instituto de Hospitalidade (IH), de Salvador, na Bahia.

Além da consultoria no desenho do currículo,  a Germinal criou as Referências para a Ação Docente para todas as unidades curriculares do Projeto. Esse trabalho foi realizado a partir da crítica, sistematização, reformulação e ampliação dos planos de aula utilizados nas primeiras implementações. Clicando aqui, você poderá acessar amostras do trabalho desenvolvido na construção das Referências para a Ação Docente do Programa Trilha Jovem.

Atualmente o Trilha Jovem já está implementado em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Foz do Iguaçu. Começa a ser implementado em Brasília, São Luiz, Recife, Campo Grande e Manaus.

Anúncios
 

One Response to “O Projeto Trilha Jovem”

  1. adorei este projeto trilha jovem, trabalho como diretora do meio ambiente e turismo no município de tartarugalzinho , localizado no estado do amapá, seria maravilhoso que o nosso estado fosse comtlemplado através da secretaria de turismo, eu traria este projeto para o meu município, pois o nosso pontencial turistico é maravilhoso, temos montanhas, cachoeiras, lagos e trilhas maravilhosas,só precisamos ser reconhecidos, nossos jovens sonham com um projeto desses, sos para nós deste município.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s