Germinal – Educação e Trabalho

Soluções criativas em Educação, Educação Profissional e Gestão do Conhecimento

Jovem Aprendiz Rural: investimento no Futuro 29 de outubro de 2010

Site da Folha de Itapetininga publica a seguinte notícia sobre o Jovem Aprendiz Rural:

 

Sindicato Rural de Ibitinga e Prefeitura Municipal são parceiros na implantação do Programa Jovem Aprendiz Rural, promovido pelo SENAR/SP e que ensina noções de cidadania e técnicas agrícolas para jovens

 

Não basta acreditar no futuro do país. É preciso investir na formação das próximas gerações, com noções de cidadania, valores de vida e técnicas profissionais bem sedimentadas, para que possamos traduzir a esperança de dias melhores em um futuro realmente promissor.

Focando perspectivas melhores para os jovens que tenham vínculos com o setor produtivo rural (filhos de produtores ou trabalhadores rurais), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SP) criou há alguns anos o Programa Jovem Aprendiz Rural, que tem como objetivo proporcionar ao jovem de 14 anos completos a 18 anos incompletos a educação profissional básica e genérica, necessária para o mundo do trabalho em todas as atividades produtivas do meio rural, complementadas com o desenvolvimento das competências de empreendedorismo e noções de cidadania.

Em Ibitinga, o programa JAP está sendo aplicado pelo segundo ano consecutivo, através da parceria entre SENAR/SP, Sindicato Rural de Ibitinga e Prefeitura Municipal. A seleção dos alunos contou com a participação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e a Prefeitura ainda cedeu os locais para as aulas teóricas e práticas, incluindo um terreno de aproximadamente 2.500m2 onde os alunos desenvolvem atividades agrícolas e de criação de pequenos animais, simulando uma produção agrícola das propriedades rurais da região.

As aulas do JAP acontecem de abril a novembro/2010, com 35 participantes, que contam com os ensinamentos teóricos e práticos ministrados por um instrutor pedagógico (o assistente social Welberth Drumond) e um instrutor técnico (o engenheiro agrônomo José Cláudio Jorge).

O curso é promovido com metade das atividades em sala de aula, onde os jovens desenvolvem temas como projeto de vida, comunicação oral e escrita, projeto profissional, tecnologia da informação, trabalho em equipe, atendimento ao cliente, ação comunitária, promoção da saúde, ética e cidadania, entre outras.

A outra metade do curso é desenvolvida na área destinada às atividades práticas, em um Projeto Articulador desenvolvido em 05 etapas: Planejar e programar a produção agrícola e pecuária definindo a área de plantio e culturas; preparação do solo para o plantio; identificação e combate a pragas e doenças em plantações e viveiros; definição do regime alimentar das criações; e manejo da área de cultivo para colher, armazenar ou comercializar a produção.

Além das aulas e oficinas, os alunos ainda participam de missões técnicas para conhecerem propriedades agrícolas voltadas para diferentes culturas e criações, feiras agropecuárias e agroindústrias.

No próximo ano, o objetivo do Sindicato Rural de Ibitinga e do SENAR/SP é ampliar ainda mais o programa, beneficiando outros jovens da comunidade e transformando em realidade o sonho dos adolescentes em um futuro melhor.

Para mais informações sobre o Programa Jovem Aprendiz Rural, vejam os posts da categoria Aprendiz Rural deste blog.

Anúncios
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s