Germinal – Educação e Trabalho

Soluções criativas em Educação, Educação Profissional e Gestão do Conhecimento

PROGRAMA PORTAL DO FUTURO 19 de outubro de 2008

 

Portal do Futuro é um projeto destinado a jovens em situação de risco de exclusão social, desenvolvido pelo Senac Rio, com consultoria da Germinal. O projeto destina-se à capacitação básica de jovens para atuação no Setor de Comércio e Serviços. Para tanto, está organizado em torno de competências básicas e gerais requeridas por toda ocupação de comércio ou de serviços.

 

A Germinal participou ativamente no desenho do Programa e prestou consultoria na elaboração dos manuais dos docentes das oficinas que constituem os três módulos fundamentais do programa: Ser Pessoa, Ser Cidadão e Ser Profissional.

 

 

 

 A proposta

 

Galeria de elektroholunder, Flickr

Galeria de elektroholunder, Flickr

Portal do Futuro é um programa voltado para o desenvolvimento de jovens, originários de famílias de baixa renda, para facilitar o seu ingresso no mercado de trabalho. O projeto foi construído como um primeiro exemplo de aplicação da Proposta Pedagógica do Senac Rio, construída em 2000.

 

É uma iniciativa institucional do Senac Rio e destina-se a uma clientela que, por questões sociais, políticas e econômicas, têm um acesso limitado a serviços educacionais de qualidade. Ao jovem em questão, mais que a outros, também é difícil o acesso ao mundo do trabalho. Frente a essa dupla limitação, o risco de exclusão e de marginalização é sempre presente.

 

Devido às dificuldades de acesso aos serviços educacionais de qualidade, e vistos pelos padrões educacionais e culturais dominantes, supostas carências já marcam a vidas dos jovens a serem atendidos pelo Programa. No atendimento desses jovens, iniciativas assistencialistas procuram atenuar as carências já dadas como certas ou desenvolver um programa compatível com seu suposto nível educacional e cultural. Resulta daí, quase sempre, cursos destinados a pobres e de qualidade inferior. Portal do Futuro não pretende ser mais um exemplar dessa série.

 

O Programa percebe os jovens como dotados de saber. Saberes nem sempre iguais e por vezes até contrapostos aos requeridos ou valorizados normalmente pela escola e pelo trabalho formal. Saberes articulados e constitutivos de competências existenciais fundamentais. Saberes ligados, muitas vezes, às competências necessárias à vivência e à sobrevivência em um meio adverso. Portal do Futuro está articulado em torno desses saberes e competências. Constrói, a partir deles, as competências necessárias para o ingresso no moderno mundo do trabalho. Não é isso que todo programa de educação profissional deveria ser?

 

Assim pensando, Portal do Futuro não deve ser visto como um programa especial. Foi concebido, inclusive, para ser a primeira expressão concreta da nova Proposta Pedagógica do Senac Rio. Sendo a primeira expressão dela, não será seguramente a última. Pretende-se que todos os demais cursos tenham um espírito similar. Assim, Portal do Futuro coloca-se como modelo e padrão de qualidade para as demais e futuras iniciativas educacionais do Senac Rio. Propõe mudanças conceituais, curriculares e metodológicas que deverão suscitar movimentos similares nos demais programas.

 

Portal do Futuro foi desenhado com a participação de todos os Centros Regionais e Centros Especializados do Senac Rio. Todos eles participaram ativamente no desenho da estrutura básica do Programa. As unidades curriculares, especialmente as Oficinas, foram formatadas pelas nove Unidades Especializadas, cada uma delas respondendo por uma ou mais Oficinas, segundo sua especialidade. O Programa será desenvolvido nos 8 Centros Regionais do SENAC Rio.

 

Portal do Futuro abrigará 30 adolescentes, no máximo, por turma. Terá uma carga horária de 333 horas, com duração média de 6 meses, com sessões de 3 horas diárias, de segunda a sexta-feira. Cada turma será orientada por um coordenador que contará com a ajuda de um especialista no desenvolvimento das Oficinas. Cerca de 60% do Programa será desenvolvido em dupla docência, mais uma indicação da importância a ele atribuída e uma condição para a garantia de qualidade. O coordenador acompanhará permanentemente a turma e cuidará da articulação e da integração horizontal e vertical dos diferentes componentes curriculares do Programa.

 

O Programa está centrado no desenvolvimento de competências. Adota-se, para o caso, a seguinte definição de competência: “Competência profissional é a capacidade de articular, mobilizar e colocar em ação, valores, conhecimentos e habilidades necessários para o desempenho eficiente e eficaz de atividades requeridas pela natureza do trabalho” (parecer CNE 16/99).

 

Portal do Futuro não pretende o desenvolvimento de competências específicas, destinadas à inserção profissional em uma área ou ocupação determinada. O Programa procura o desenvolvimento de competências humanas básicas, competências profissionais básicas e competências de gestão que possibilitem ou facilitem a inserção em qualquer atividade de comércio e serviços. Diferentemente da programação tradicional, mas coerentemente com a Proposta Pedagógica do Senac Rio e com seu nome, Portal do Futuro não se pretende terminal. É uma passagem que abre múltiplas possibilidades de ser pessoa, de ser cidadão e de ser profissional. É um estímulo e um impulsionador para a continuidade de estudos e para a educação continuada.

 

A missão do Programa

 

O Programa tem por missão ampliar as condições e as possibilidades do jovem para:

Ser alguém capaz de construir o seu próprio destino – Ser Pessoa

Ser alguém capaz do exercício pleno da cidadania – Ser Cidadão.

Ser um trabalhador exemplar da área de comércio e serviços – Ser Profissional.

 

 

 

 

 

A ênfase nas competências básicas para o trabalho e para a vida

A evolução tecnológica e organizacional contemporânea tem excluído um número crescente de pessoas dos benefícios do progresso técnico. As atuais condições e exigências do mercado de trabalho requerem de toda sociedade uma constante busca de alternativas para a inclusão das populações potencialmente sujeitas à marginalização.

 

Análises de tendências afirmam que uma das grandes vantagens competitivas, do próximo século, estará a cargo da educação e qualificação da força de trabalho. Qualificações que vão além das responsabilidades inerentes a determinado cargo. Avançam para um amplo conjunto de habilidades necessárias para que o próprio trabalhador seja capaz de ajustar-se e promover múltiplas mudanças profissionais ao longo da vida, acompanhando a dinâmica das transformações produtivas e organizacionais.

 

O jovem do Portal, geralmente oriundo de instituições públicas de ensino, que pouco ou nenhum contato teve com essa realidade precisa, agora, iniciar sua busca por um espaço no mercado de trabalho. Seu encontro com o mundo do trabalho será muito mais complexo do que a tarefa de aprender as técnicas envolvidas na operação de um processo de trabalho qualquer.

 

Ele precisa decidir sobre o seu futuro profissional de forma a ajustá-lo a um projeto de vida. Ajustar a expectativa profissional com a pessoa que pretende ser. Tomar decisões pessoais sobre trabalho, convivência social, estudo, utilização do tempo livre. É preciso que desenvolva as competências necessárias à sua inserção no primeiro emprego. Que perceba e compreenda as diferenças existentes nos distintos ambientes e suas diferentes exigências. Que adquira a flexibilidade necessária para ajustar-se a elas. Que adquira a capacidade de transformar essas exigências quando são limitantes, injustas ou inadequadas. Que a aprendizagem de um modo de fazer seja conduzida de forma que o jovem aprenda, por si só, a apropriar-se de outros. É preciso que aprenda a aprender a partir das próprias exigências do exercício profissional.

 

A preparação do jovem para o mundo do trabalho deve extrapolar a educação formal ou profissional e partir para o desenvolvimento de competências que dêem conta das respostas às necessidades antes referidas. É necessário ainda que ele adquira instrumentos que facilitem uma reflexão permanente sobre o seu fazer e sobre o seu existir.

 

É necessário que ele compreenda que a complexidade do mundo atual quase impossibilita um exercício profissional solitário. Exige a capacidade de propor, empreender projetos coletivos ou participar deles. Que compreenda que essa capacidade é ainda mais necessária para o exercício pleno da cidadania.

 

Objetivos do Programa

My window of opportunity?? Galeria de ~no bullshit~

My window of opportunity?? Galeria de ~no bullshit~ Flickr

Preparar jovens, com idades compreendidas entre 16 e 21 anos e com escolaridade adequada para o ingresso e permanência em um mercado de trabalho restrito e exigente, caracterizado pela progressiva diminuição das ofertas de emprego, deixando-os mais aptos a enfrentar com autonomia esses desafios.

 

O jovem que participar do Programa estará preparado para ocupar uma posição no mercado de trabalho, especialmente na Área de Comércio e Serviços. Revelar-se-á apto a assumir ocupações iniciais nos quadros das empresas, definindo com clareza suas metas pessoais, educacionais e profissionais. Terá referências éticas e estéticas. Compreenderá e agirá de acordo com seu papel de agente do próprio desenvolvimento, na busca e geração de novas soluções e encaminhamentos para situações problemáticas, seja na relação consigo próprio, com os diversos grupos sociais ou com suas atividades profissionais.

 

 

 

 

Perfil do participante do Programa

  • Jovens de 16 a 21 anos.
  • 4a série completa do ensino fundamental.
  • Estar matriculado no ensino regular.
  • Renda familiar de até 1 salário mínimo per capita.

 

 

Perfil de saída

SpiroFlower1, JJjunki - Flickr

SpiroFlower1, JJjunki - Flickr

 

O Programa tem como objetivos específicos o desenvolvimento de determinadas competências. Competências requeridas para a definição de um projeto profissional. Competências básicas requeridas para o ingresso em qualquer atividade de Comércio e Serviços. Competências necessárias para o exercício da cidadania nos espaços de trabalho. Para efeitos do Programa, as competências a serem desenvolvidas foram organizadas em três conjuntos: Competências Humanas Básicas, Competências Profissionais Básicas e Competências de Gestão.

 

 

 

1. Competências Humanas Básicas: são aquelas que, além de embasar a construção das competências profissionais, são demandadas para o exercício pleno da cidadania.  São elas:

 

·         Utilizar variadas formas e técnicas de expressão;

·         Localizar, entender e interpretar informações escritas;

·         Comunicar pensamentos completos e acurados, idéias e informações por escrito, de forma adequada ao assunto e à audiência;

·         Receber, interpretar e responder as mensagens verbais e outros sinais, tais como linguagem corporal, de pessoas de todas as formações;

·         Organizar suas idéias e comunicar mensagens oralmente para audiências de forma apropriada para o feedback dos ouvintes e responder perguntas, se necessário;

·         Usar os conceitos numéricos básicos e efetuar os cálculos básicos, sem calculadora, interpretando corretamente a informação quantitativa;

·         Abordar problemas práticos e escolher uma técnica matemática correta para solucionar problemas;

·         Emitir criteriosamente juízos de valor;

·         Desenvolver o espírito crítico;

·         Desenvolver mecanismos de autoconhecimento;

·         Construir uma visão estética de si mesmo no presente, passado e futuro;

·         Elaborar um projeto de vida: “A vida como obra de arte” (o ontem, o hoje e o amanhã);

·         Respeitar a si mesmo, as outras pessoas e o meio em que vive;

·         Participar da construção da melhoria da qualidade de vida, exercendo sua cidadania.

 

2. Competências Profissionais Básicas: que são as competências necessárias e comuns para o trabalho em todas as atividades de Comércio e Serviços. São elas:

 

·         Agir de forma autônoma e pro-ativamente;

·         Trabalhar sob pressão;

·         Definir prioridades de acordo com critérios pré-estabelecidos;

·         Mostrar-se motivado, a partir de um comprometimento consigo mesmo e com seu trabalho;

·         Desenvolver permanentemente seus talentos;

·         Estabelecer relações entre teoria e aplicação prática;

·         Criar um estilo próprio de apresentação pessoal e utilizar a aparência como forma de expressão da identidade;

·         Cuidar da própria saúde de forma preventiva e promover a saúde de si mesmo e do outro;

·         Localizar-se no tempo e no espaço;

·         Decodificar a cultura local;

·         Detectar a vocação econômica da região;

·         Valorizar o bairro e a cidade em suas características predominantes;

·         Atuar no seu meio de forma a contribuir para o desenvolvimento de uma consciência ambiental;

·         Detectar os problemas sócio-ambientais locais, buscando possíveis soluções;

·         Construir e acionar mecanismos próprios de aprendizagem no trabalho;

·         Utilizar a informática como instrumento de trabalho;

·         Utilizar a Internet como ferramenta de trabalho, negócios e aprendizagem de idiomas;

·         Utilizar vocabulário básico da língua inglesa, para navegar pela Internet, em especial em sites de Turismo e Negócios;

·         Desenvolver a auto-estima, acreditando em si mesmo, valorizando suas idéias, aceitando suas limitações, tentando superá-las;

·         Discutir e trabalhar em grupo com bases positivas;

·         Apresentar idéias que facilitem o entendimento e a solução de problemas de forma simples;

·         Comunicar-se adequadamente com o grupo, buscando sempre estabelecer parcerias.

 

3. Competências de Gestão: que são as competências necessárias para a gestão da própria carreira e de atividades de Comércio e Serviços. São elas:

  • Utilizar diferentes critérios para optar entre as diversas oportunidades de carreira ou de negócio;
  • Estabelecer metas profissionais adequadas às suas características pessoais, identificando oportunidades no mercado de trabalho;
  • Entender a que lógica social suas atividades estão atreladas e, conseqüentemente, qual é o sentido e significado delas para si e para a sociedade;
  • Desenvolver e apresentar um plano de ação de desenvolvimento profissional para os próximos anos;
  • Ser responsável por seu próprio desenvolvimento profissional, enquanto membro de uma equipe de trabalho, com diferentes expectativas e metas;
  • Gerenciar seu próprio tempo e espaço de trabalho, com vistas à otimização das atividades e à supressão de tarefas desnecessárias ao seu pleno desempenho profissional, eficiência e realização pessoal;
  • Pensar estrategicamente;
  • Desenvolver o espírito de investigação, expresso na constante busca pelas soluções pouco ou nada ortodoxas, respondendo criativamente a situações novas e inusitadas;
  • Utilizar técnicas de elaboração de projetos;
  • Dialogar, negociar, argumentar e questionar, buscando sempre soluções pautadas na solidariedade e respeito mútuo;
  • Coordenar grupos, resolvendo problemas e conflitos, demonstrando equilíbrio nas várias situações;
  • Desenvolver e apresentar um Projeto de Negócio.

 

As Competências Humanas Básicas serão tratadas ao longo do Programa e em todas as oportunidades onde se possa remetê-las ao mundo do trabalho, especialmente, a Comércio e Serviços. As Competências Profissionais Básicas e as de Gestão estarão mais direta e especificamente relacionadas aos Projetos e às Oficinas que compõem a estrutura do Portal do Futuro.

 

Anúncios
 

One Response to “PROGRAMA PORTAL DO FUTURO”

  1. denise Says:

    Boa tarde!

    Gostaria de parabenizar a iniciativa desse projeto,pois ele é tão importante para os nossos filhos,tenho dois filhos que participaram desse projeto e vi como foi de suma importância para suas vidas.

    muito obrigado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s