Germinal – Educação e Trabalho

Soluções criativas em Educação, Educação Profissional e Gestão do Conhecimento

O Projeto Trilha Jovem – Turismo e Responsabilidade Social 3 de agosto de 2008

 

Logotipo do Trilha Jovem

 Sobre o Projeto Trilha Jovem

 O Projeto Trilha Jovem – Turismo e Responsabilidade Social, inicialmente denominado apenas Projeto Turismo e Responsabilidade Social (PTRS), é um programa de educação básica para o trabalho no Setor de Turismo. Surgiu da intersecção de dois desafios socioeconômicos articulados: a demanda de inserção social e profissional de jovens, especialmente os oriundos de famílias de baixa renda, e a necessidade de desenvolvimento sustentado do turismo no Brasil.

A primeira versão do programa derivou de uma proposta curricular desenvolvida, em 2001, pela Germinal Consultoria para o Instituto de Hospitalidade (IH), de Salvador, na Bahia.

O IH, com o apoio do SEBRAE e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), havia concluído a elaboração de um conjunto de cerca de 50 normas ocupacionais, baseadas em competências, dentro de um Projeto de Certificação para o Setor de Turismo.

A proposta curricular desenvolvida pela Germinal partia da identificação das competências comuns a todas as ocupações abrangidas pelas normas do Programa de Certificação. A partir dessas competências, a Germinal desenhou um currículo totalmente baseado em competências.

Jovens de Foz do Iguaçu mostram Excelência em ServiçosAs competências mais complexas constituem as unidades curriculares. As competências secundárias, sub-competências ou elementos de competências compõem o conteúdo de cada unidade curricular.

Projetos articulam os três eixos curriculares destinados ao desenvolvimento das três competências fundamentais a serem desenvolvidas pelo Projeto: Promover a excelência em serviços; Exercer a cidadania no trabalho; Construir um plano de vida e trabalho.

Implementado inicilamente em Salvador, o PTRS sofreu um conjunto de alterações. Algumas foram influenciadas pelo primeiro financiador do Programa (Internacional Youth Fundation – Entra 21), que privilegiava ações na área de informática. Houve, assim, uma ênfase no desenvolvimento de competências relacionadas como uso da tecnologia da informação no turismo. Outras foram derivadas de necessidades do mercado de trabalho local. Outras surgiram das dificuldades de trabalhar com uma perspectiva educacional tão distinta da convencional.

Em 2006, com o apoio adicional do BID e do Ministério do Turismo o Programa começou a ganhar uma dimensão nacional.

A Germinal novamente participou deste processo. Prestou consultoria ao IH no sentido de aproximar o currículo do Projeto (tal como foi implementado) de sua formulação original. O currículo atual é uma mescla da versão original do Projeto e do formato de suas primeiras implementações. Assim, na versãoa tual são matidos praticamente inalterados os eixos curriculares, as competências fundamentais e os projetos articuladores da versão original. Hoje, por exemplo, as macro-competências desenvolvidas especialmente pelos projetos que articulam os eixos curriculares são: Promover a excelência em serviços, Promover o desenvolvimento sustentável do turismo e Construir um plano de vida e carreira.

Além da consultoria no desenho do currículo,  a Germinal criou as Referências para a Ação Docente para todas as unidades curriculares do Projeto. Esse trabalho foi realizado a partir da crítica, sistematização, reformulação e ampliação dos planos de aula utilizados nas primeiras implementações.

As referências são sugestões de desenvolvimento das atividades didáticas do Programa, passo a passo, aula a aula. O trabalho de consultoria resultou na redação de 26 diferentes manuais para os docentes e um volume de mais de 800 páginas de orientação didática.

Clicando aqui, você poderá acessar amostras do trabalho desenvolvido na construção das Referências para a Ação Docente do Programa Trilha Jovem.

Atualmente o Trilha Jovem já está implementado em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Foz do Iguaçu. Começa a ser implementado em Brasília, São Luiz, Recife, Campo Grande e Manaus.

 

 

 Algumas referências sobre o Projeto Trilha Jovem na Internet

 

Existem inúmeras referências sobre o Projeto Trilha Jovem na Internet. Destacamos algumas:

 

O Projeto Trilha Jovem tem um sítio próprio na Internet (Uma trilha, muitos destinos). Nele se informa:

 

 

“O Trilha Jovem – Turismo e Inclusão Social é uma iniciativa que busca desenvolver o turismo sustentável por meio da inserção de jovens de famílias de baixa renda, capacitados para atuar em empresas do setor turístico brasileiro. Através de um programa de formação, os participantes desenvolvem competências nas áreas de Alimentos e Bebidas, Viagens e Turismo e Hospedagem, e são preparados para atender exigências mais amplas do mercado de trabalho e da sociedade, criando oportunidades de inclusão socioprofissional.

Idealizado pelo Instituto de Hospitalidade, em 2004 (sic), o programa é totalmente gratuito, e já beneficiou cerca de 3.000 jovens em diversas cidades brasileiras, como Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Foz do Iguaçu. Para participar, os candidatos devem ter renda familiar de até três salários mínimos, idade entre 16 e 24 anos e ser alunos do Ensino Médio da Rede Pública.

A formação tem carga horária total de 580 horas, contemplando aulas de inglês e informática, oficinas específicas e complementares do segmento turístico, e vivência profissional supervisionada. O estímulo ao espírito empreendedor também é parte integrante das aulas. Os instrutores são profissionais de turismo, com conhecimentos práticos sobre a rotina das várias ocupações. O conceito pedagógico é amplo, e busca preparar os jovens para a vida enquanto cidadãos e membros da comunidade.

A vivência profissional, associada com treinamento em empresas do setor, faz com que o jovem aprenda por meio das experiências vividas, dos problemas enfrentados e da ação desencadeada para sua solução. A oportunidade geralmente leva a estágios e aprendizados remunerados e, em muitos casos, a contratos formais de trabalho.”

 

 

Mosta de Qualidade em Serviços
O Brasilturis Jornal, em sua edição de 26/07/2008, informa

 

“O Projeto Trilha Jovem – Turismo e Inclusão Social, desenvolvido em parceria do Ministério do Turismo com o Instituto de Hospitalidade (IH), formou mais uma turma. São mais 180 jovens qualificados nas áreas de alimentos e bebidas, hospedagem e viagens e turismo, prontos para o mercado de trabalho.  Para comemorar a formatura os jovens organizaram um evento, nesta quarta-feira, em São Paulo, do qual participaram empresários do setor.”

 

 

 

O site do Instituto de Hospitalidade, em 07/04/2008, divulga:

 

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, participou de um evento promovido pela Coelba e pela parceira do Programa Trilha Jovem, USAID, realizado no Centro de Eficiência Energética da Coelba. Durante o evento, oito jovens egressos do Trilha tiveram a oportunidade de demonstrar algumas das competências adquiridas durante o Programa, servindo convidados e autoridades presentes, entre eles, o Governador da Bahia, Jacques Wagner, o prefeito de Salvador, João Henrique, ministros de Estado, e a própria Condoleezza Rice.

 

 

 Projeto Excelência em ServiçosO H2FOZ – O Portal das Cataratas, em sua edição de 25 de junho de 2008, publica:

 Aconteu na última terça-feira, dia 24, a III Mostra de Excelência em Serviços Turísticos. O acontecimento é um dos eventos paralelos do III Festival Internacional de Turismo. Além da abertura da Mostra realizada nesse dia, durante toda a realização do Festival os jovens do Projeto Trilha Jovem estão demonstrando suas competências e habilidades aprendidas durante um curso teórico e prático com 580 horas de atividades.A III Mostra funciona como uma formatura para os jovens, mas diferentemente dos eventos tradicionais de conclusão de curso, na Mostra os jovens atuam na execução do evento, prestando serviços nas diferentes funções características da atividade turística. Os convidados para o evento são empresários do setor turístico, principalmente das áreas de alimentos e bebidas, hospedagem e viagens e turismo.

A abertura desta III Mostra contou com a presença de importantes autoridades públicas como o Prefeito do Município, Paulo Mac Donald, Superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, Juan Sotuyo, representante do Ministério do Turismo, Kátia Silva, Diretor Jurídico da Itaipu, João Cabral e o Diretor Técnico, Antônio Cardoso, além da representante do Instituto de Hospitalidade, Cláudia Soares.

Destacou-se entre os pronunciamentos o Dr. João Cabral da Itaipu que fez referência à redemocratização do país e a reconquista dos direitos políticos, na década de 80 e que atualmente o Brasil segue o rumo da implementação dos direitos sociais, entre eles a educação, como é o caso do Trilha Jovem, também apoiado pela Itaipu Binacional.

 

 

Fotos do Projeto Trilha Jovem

A Agência Brasil, em 13 de março de 2007, destaca:

 

Brasília – Alunos do projeto Trilha Jovem, que atende a estudantes de comunidades de baixa renda do Rio de Janeiro, podem ter oportunidade de conseguir estágio nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007.  Após participarem de cursos de hotelaria e de alimentos e bebidas, os estudantes são encaminhados para estágios no setor de turismo e alimentação. Neste ano, os alunos concorrerão ainda a oportunidades de trabalho nos Jogos Pan-Americanos.

Segundo o Ministério do Turismo, os jovens que participarem do projeto Trilha Jovem serão  encaminhados para o processo de seleção da empresa responsável pelo serviço de alimentação nos locais do evento, ou poderão atuar, voluntariamente, no atendimento ao público durante os Jogos.

 

 

 Por fim, postamos o vídeo de formatura de uma das turmas doTrilha Jovem, disponível no Youtube.

 

Anúncios
 

11 Responses to “O Projeto Trilha Jovem – Turismo e Responsabilidade Social”

  1. marilza Says:

    fiquei muito triste por minha filha não ter cido incluida neste projeto não teria uma nova oportunidade por favor me manda uma resposta

  2. […] Coleção Sherlock Holmes – projeto gráfico – 2006 First saved by sakanozo | 7 days ago O Projeto Trilha Jovem – Turismo e Responsabilidade Social First saved by khoy | 10 days ago Lançada a Projeto Continuum Extra First saved by ramitsethi […]

  3. Sidenia Says:

    Gostaria muito de participar deste projeto aqui na bahia!
    O que preciso fazer pra isso a contecer?
    Quais requsitos preciso ter para ser incluida no projeto TRILHA?

  4. Jaqueline Says:

    Boa tarde!
    Eu me escrevi no Projeto Trilha aqui na Bahia na cidade de Camaçari e gostaria de saber se vai ter algum processo seletivo,qual o turno e quando vai começar os cursos?

  5. Léo gama Says:

    Olá, eu gostaria de saber, quando que seram chamado os iscritos que foram pre- selecionados….? obrigado!

  6. como faço para se escrer no projeto

  7. carine batista Says:

    oi já participei desse progama logo no inicio em 2004 , hoje eu gostaria que minha irmão podesse fazer também pois mim ajudou muito e concerteza pode ajuda-la também . quantos abre-rá novas inscrição ?
    lembraça a todos que estão ate hoje fazendo parte dessa equipe que e1000.
    obrigado

  8. Alessandro Henrique Says:

    Olá!
    Gostaria de saber como faço para implantar o Trilha Jovem no meu Centro Social em Salvador?
    O Instituto de Hospitalidade deixou de funcionar aqui a um bom tempo, por sinal eu participei do Trilha Jovem e consegui meu primeiro emprego através desse programa.
    Estou fundando um Centro Social e quero muito trazer o Trilha para salvador novamente.
    Obrigado pela atenção.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s